Blog do Xico Malta

Sergio Ramos e sua panenka

Posted in Do Malta by xicopati on 28/06/2012

Os treze minutos em que foram realizadas as cobranças de pênaltis na semifinal da Eruo entre Espanha x Portugal foram os mais vistos da história da televisão espanhola, com 83,3% de audiência, ou seja, 18 141 000 telespectadores.

O fato mais marcante das cobranças foi sem dúvida alguma a tentativa de Sergio Ramos. O zagueiro do Real Madrid, o quarto cobrador, realizou uma fantástica Panenka a qual emocionou todo o país. Eleito o melhor jogador da partida pela UEFA, ele explicou a sua cobrança no final: “eu já tinha planejado cobrar daquele modo, mas certamente não se decide nada antes de observar atentamente a postura do goleiro. Depois do meu último fracasso na Champions com o Real Madrid, muitos disseram que eu não estava preparado e eu como profissional fiz questão de assumir esta responsabilidade pois estava confiante.”

Ramos também exaltou o seu goleiro Iker Casillas, autor de uma bela defesa na cobrança de João Moutinho e salvo pela trave na cobrança de Bruno Alves, qualificando o colega de “o melhor goleiro do mundo.”

O significado de Panenka (cavadinha no Brasil):

Antonín Panenka (Praga, 2 de dezembro de 1948) é um ex-jogador de futebol checo.

Jogou por quase toda a carreira no pequeno Bohemians Praga, onde iniciou nos juvenis, em 1958 e onde debutaria profissionalmente em 1967. A primeira convocação para a Seleção Tchecoslovaca veio em 1973. A equipe falhou em obter a classificação para a Copa do Mundo de 1974, mas conquistou a Eurocopa 1976 sobre a então campeã do mundo, a Alemanha Ocidental. O título só veio nas cobranças de pênaltis; todos os jogadores vinham convertendo seus chutes, até que o alemão Uli Hoeneß mandou o seu sobre o travessão. Cabia a Panenka a responsabilidade de definir o título, e, apesar de além desta pressão estar no gol alemão o lendário Sepp Maier, Panenka cobrou tranquilamente, fazendo o grande goleiro jogar-se para um canto enquanto a bola fazia uma lenta parábola vertical em direção ao meio do gol. O português Hélder Postiga com frieza fez um penálti à Panenka nos penáltis nos quartos-de-final do Euro 2004 contra a Inglaterra. O francês Zinédine Zidane faria algo parecido na final da Copa do Mundo de 2006, assim como o uruguaio Sebastián Abreu em uma quarta-de-final daCopa do Mundo de 2010 e também na final do 2º turno do Campeonato Carioca de 2010. Mais recentemente, a 24 de Junho de 2012, o jogador italiano Andrea Pirlo marcou (nos penáltis contra a Inglaterra) um golo do mesmo género, marcando assim os quartos-de-final e colocando Selecção Italiana nas meias-finais doEuro 2012. Por esse motivo, os europeus dizem “à la Panenka” quando um penálti é cobrado dessa maneira (no Brasil chamam de “cavadinha”).

A seleção falhou também nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 1978, e Panenka só foi disputar seu primeiro – e único – mundial no de 1982. Um empate na primeira rodada com a Seleção Kuwaitiana de Carlos Alberto Parreira minou as chances da equipe, que sucumbiria na primeira fase, em um grupo que continhaInglaterra e França. Panenka, que marcou os dois gols da equipe na Copa, já estava desde 1981 no futebol austríaco (graças à abertura política do Leste Europeu nos anos 80), no Rapid Viena, onde conquistaria dois títulos na Bundesliga Austríaca. Aquele que talvez tenha sido o maior jogador da extintaTchecoslováquia desde Masopust rodaria por outros clubes da Áustria até encerrar a carreira, aos 44 anos.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Anton%C3%ADn_Panenka

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s