Blog do Xico Malta

Drogba, o Rei da Europa

Posted in Do Malta by xicopati on 22/05/2012

Fonte: Le Monde

Um início tardio

Didier Drogba iniciou sua carreira profissional no Mans, em 1999, já aos 21 anos de idade, depois de ter passado por outros time da França como Vannes e Levallois. Reserva de Daniel Cousin em seu primeiro clube, ele foi finalmente contratado pelo modesto Guingamp em janeiro de 2002 por 100 000 euros. Durante a sua primeira temporada profissional, o jogador ficou conhecido ao marcar 17 gols.

O início na seleção da Costa do Marfim

Drogba iniciou sua trajetória com a camisa da seleção da Costa do Marfim em setembro de 2002 contra a África do Sul. Ele nunca conquistou a Copa africana de nações. Foi duas vezes finalistas, 2006 e 2012, e duas vezes derrotado nas cobranças de pênaltis.

A revelação

Depois de uma boa passagem no Guingamp, Didier Drogba é contratado pelo Olympique de Marselha em 2003. O jogador marfinense ficou conhecido por seu bom futebol em toda a Europa. Ele marcou 19 gols no campeonato francês e 11 gols na Copa da UEFA, onde o seu time chegou até a final da competição, perdida para o Valência.

Primeira desilusão europeia

Em 2004, o Olympique de Marselha perdeu a final da Copa da UEFA para o Valência. Esgotado por causa de uma temporada estafante, Didier Drogba não pode ajudar seu time o qual ele carregou nas costas durante toda a competição. Ele chamou a atenção de toda a Europa ao marcar gols importantes diante do Liverpool e Newcastle e sua boa atuação chamou a atenção de José Mourinho. No início da temporada, o Porto dirigido pelo Special One enfrentou o Olympique de Marselha de Drogba.

O ídolo relâmpago de uma torcida

Raramente um jogador obteve unanimidade em tão pouco tempo, principalmente no ambiente sempre conturbado do clube do sul da França. Adorado pelos torcedores marselheses, ele se transformou em ídolo em apenas uma temporada. Sua saída foi profundamente sentida, assim como para o jogador bem como para a fanática torcida. O boato sobre a sua volta ao OM era aventado a cada janela de transferência. Os saudosos torcedores chegaram até a organizar uma vaquinha para trazer de volta o ídolo.

Drogba atravessa o canal da Mancha

Didier Drogba queria muito ficar em Marselha, mas o proprietário do Chelsea, Roman Abramovich, desembolsou 37 milhões de euros para trazer o marfinense. O OM precisava de liquidez e José Mourinho, o novo treinador do Chelsea, fez do atacante a sua prioridade. O treinador português foi seduzido pela raça e habilidade de Drogba. Ele o transformou no grande líder do time fora e dentro do campo.

Drogba, o Rei da Inglaterra

Didier Drogba se adaptou rapidamente a Inglaterra e seu futebol. Com o Chelsea, ele conquistou três títulos ingleses (2005, 2006 e 2010), quatro Copas da Inglaterra (2007, 2009, 2010 e 2012), duas Copas da Liga (2005 e 2007) e duas Community Shield (2005 e 2009). O marfinense marcou mais de 150 gols e foi por duas vezes o maior artilheiro da Premier League em 2007 com 20 gols e em 2010 com 29 gols.

Drogba, o marfinense

O jogador se transformou também em um ídolo nacional em um país minado pela guerra civil. Ele ganhou duas Bolas de Ouro Africana em 2006 e 2009. Na foto, o craque africano mostra ao povo de seu país a taça de melhor jogador africano ao lado de Guillaume Soro, ex-chefe dos rebeldes que tornou-se Primeiro Ministro do presidente Ouatarra.

Primeira final da Liga dos Campeões

Apenas a inédita Liga dos Campeões, obsessão de Roman Abramovich, resistia ainda ao Chelsea e a Didier Drogba. Em 2008, eles disputaram a sua primeira final contra o rival Manchester United. Didier Drogba foi expulso por ter dado um tapa no jogador adversário, o zagueiro Vidic. Naquela ocasião os Blues perderam na disputa de pênaltis.

“It’s a fucking disgrace”

Um ano mais tarde, Chelsea enfrentou o grande Barcelona nas semifinais da Liga dos Campeões. Os Blues perderam nos últimos segundos de jogo. O marfinense, irritado por causa da arbitragem, vai até a câmera de televisão gritar o seu célebre: “It’s a fucking disgrace” que deu a volta ao mundo graças ao Youtube. O seu desabafo lhe custou uma suspensão de quatro jogos na Liga dos Campeões da temporada 2009/2010.

 

A revanche

Drogba teve que esperar três anos para se vingar da dolorosa eliminação na semifinal diante do Barcelona. Ameaçado no Chelsea, julgado um jogador velho, o marfinense ficou boa parte da temporada na banco. Os londrinos reencontraram o time de Lionel Messi no mesmo estágio da competição. Drogba abriu o placar no jogo de ida em Stamford Bridge e Chelsea se classificou para a segunda final da Liga dos Campeões de sua história.

O Herói da final

Depois de ter marcado o gol de empate a dois minutos do final da partida, Didier Drogba marcou a última cobrança de pênalti dando o primeiro título da Champions aos Blues. O craque africano colocou um fim na maldição das cobranças de pênalti e das finais perdidas.

A consagração

Eleito o homem do jogo desta final, Didier Drogba entrou na história da Liga dos Campeões. “Didier Drogba, nossa referência, nos salvou nos últimos instantes. É um herói. Sem ele, não teríamos vencido”. Esta homenagem foi feita pelo colega Franck Lampard, o capitão dos Blues.

Didier Drogba é o novo rei da Europa.

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. limpoferrao said, on 18/07/2012 at 09:19

    desejo boa sorte para drogba no seu novo clube e dizer que fez o seu maximo pelo chelsia e nao deve a ninguem na europa e agora deve ao seu pais de instabilidade politica e por moim gostaria que um dia ele se candidatasse presidente de costa de marfim porque ele merecem muito mais neste pais,viva drogba viva marfim continuem sempre o homem em golo para sempre.flimpo-mozambique


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s