Blog do Xico Malta

Fatos marcantes da Serie A 2011/2012

Posted in Do Malta by xicopati on 15/05/2012

A Serie A viveu momentos marcantes nesta temporada: A Juve que não perdeu nenhum jogo, o Milan que perdeu os dois derbys, Cassano que sofreu um AVC, as bicicletas de Mauri e Di Michele ou ainda as demissões em massa dos treinadores. 

A imbatível Juventus

Invencível e invicta em 38 jogos. Uma temporada inteira sem conhecer o gosto amargo da derrota. Nunca nenhum time realizou este feito no campeonato italiano quando ele passou a ser disputado com 20 equipes.

Grande mérito do jovem treinador Antonio Conte que comandou pela primeira vez um grande time na Serie A (ele havia treinado o Atalanta durante 13 jogos em 2010). Ainda mais impressionante: A Juve teve a melhor defesa da Europa com uma média impressionante de 0,52 gols pro jogo, melhor que o Porto que teve 0,63.

Ainda mais impressionante: em 38 rodadas, a Velha Senhora levou apenas 6 gols em toda a temporada.

Esta Juve teve como principais líderes Andrea Pirlo, Marchisio e evidentemente Buffon, goleiro da Azurra que retomou a sua boa fase.

Para brindar este risorgimento o clube de Turim inaugurou o seu novo estádio: O Juventus Stadium, que esteve cheio em todos os jogos.

Vale ressaltar também o sucesso nas contratações efetuadas como Elia e jovens talentos como De Ceglie e Marrone.

Todos aguardam ansiosamente a Liga dos Campeões da próxima temporada para brindar de vez o retorno da Velha Senhora no cenário europeu.

Ibrahimovic sem título

Depois de oito títulos consecutivos, obtidos com as cores de Ajax, Juve, Inter de Milão, Barça e Milan, Zlatan Ibrahimovic não conquistou nada neste final de temporada.

Com certeza esta lacuna não deixou o sueco muito satisfeito. A tal ponto que no dia seguinte da consagração da Juve, Ibra colocou em dúvida o futuro próximo do Milan.

Com a saída de Nesta, Zambrotta, Gattuso, Van Bommel, Inzaghi e Seedorf, Ibra deve estar se sentindo abandonado.

A grande dúvida que paira no ar é: Quem irá jogar ao seu lado na próxima temporada? Galliani e Berlusconi terão que trabalhar muito para reestruturar a equipe neste verão europeu.

Entretanto, restou um prêmio de consolação para Zlatan: O atacante sueco entrou pra história.

Ele se transformou no primeiro jogador da Serie A a levar por duas vezes seguidas o troféu de melhor artilheiro vestindo duas camisas diferentes: Inter em 2009 e Milan em 2012.

No total, o antigo melhor inimigo de Guardiola marcou 35 gols em todas as competições disputadas, a maior marca de sua carreira.

Vida dura de treinador

Gasperini. Ranieri. Bisoli. Giampaolo. Arrigoni. Mihajlović. Rossi. Ficcadenti. Ballardini. Di Francesco. Mangia. Malesani. Marino. Colomba. Tesser. Mondonico. Estes 16 treinadores possuem um ponto comum: Todos eles foram demitidos nesta temporada na Velha Bota.

Contusões por toda parte

Longe de ser uma coincidência: Uma única equipe teve a chance de ter sido poupada das contusões: A Juventus.

Durante nove meses, Antonio Conte sempre pode contar com seu elenco completo. Com certeza este fato também contribuiu para o sucesso da Velha Senhora pois todas as outras equipes sofreram com repetidas contusões.

Sem falar do AVC de Cassano ou do problema no olho de Gattuso, o Milan teve vários problemas de contusões como a de Flamini, Thiago Silva, Aquilani, Boateng, Robinho e Pato. Talvez sem estas contusões, o time milanês não teria terminado em segundo lugar, vai saber.

Mesma coisa a Lazio. Depois de perder seu capitão Mauri durante 4 meses (em sua volta marcou gols decisivos contra a Roma e Napoli), os Laziali foram privados de Klose, Hernanes, Lulic, Brocchi, Radu, Konko e André Dias.

Forçosamente que com estes desfalques, com ¾ da equipe na enfermaria, ficou complicada a obtenção da vaga na próxima Liga dos Campeões. O outro time romano, a Roma, ficou sem Burdisso durante toda a temporada, sem Juan, Heinze e muitas vezes sem Totti. Quanto à Inter, ela teve que ficar sem Sneijder, Forlan e Maicon, jogadores que podiam fazer a diferença. Coisa que ficou comprovado no final da temporada.

Calcioscommesse

O verão corre o risco de ser interminável na Itália. Ao longo dos meses de junho, julho e agosto, as sentenças do processo Calcioscommesse serão anunciadas.

Como o Atalanta no início do ano, os clubes envolvidos correm o risco de perderem pontos. Duas hipóteses estão previstas: Ou os clubes serão penalizados somente na próxima temporada (podendo começar com -3, -4 ou -6 pontos segundo determinar a sanção imposta), ou os pontos serão retirados nesta temporada que acabou. Com isso, como ocorreu na temporada 2005/2006, a classificação final poderá ser totalmente modificada.

Exemplo: Caso o Genoa (o qual faz parte da lista dos clubes envolvidos) tome seis pontos de penalidade, isto poderá significar a décima oitava posição e consequentemente o rebaixamento para a Serie B. Por enquanto, estamos somente no campo das probabilidades.

Veremos os veredictos dos tribunais.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s