Blog do Xico Malta

O gol mais comemorado do mundo

Posted in Do Malta by xicopati on 20/12/2011

Leprosos contra os Canalhas ou Newells Old Boys contra Rosario Central, uma das maiores rivalidades do futebol argentino.

No dia 19 de dezembro 1971, os dois inimigos da cidade de Rosario disputaram a semifinal do campeonato argentino.

Em jogo: Uma vaga para a final do campeonato e a possibilidade do primeiro título nacional para cada um. Os canalhas, então dirigidos por Angel Labruna, o melhor artilheiro de todos os tempos do River Plate (293 gols), venceram os leprosos por 1 a 0.

Aquele famoso derby de Rosario foi disputado no Monumental de Núñez em Buenos Aires, estádio bem conhecido de Labruna.

A jogada que definiu a classificação ocorreu aos 54’ de jogo: O uruguaio Jorge José Gonzalez cruzou a bola na cabeça de Aldo Pedro Poy que mandou para o fundo da rede adversária, selando a classificação para os canalhas.

Três dias depois, Rosario Central vencia o seu primeiro campeonato nacional diante do San Lorenzo por 2 a 1, na casa dos … Newells Old Boys.

Desde então, a cada 19 de dezembro, um grupo de hinchas do Rosario Central se reúne para comemorar o lendário gol de Aldo Poy.

O nome da torcida organizada que promove o evento é O.C.A.L (organização canalha anti-leprosa). Rosario Central e seus torcedores são apelidados de canalhas depois de terem negado participar de um jogo beneficente para leprosos.

Por outro lado, os torcedores dos Newelles Old Boys ficaram conhecidos pelo apelido de “leprosos”.

O lugar de celebração da “palomita” varia a cada ano, mas não o seu formato. Duas ferramentas são indispensáveis: um gol e uma bola, a qual é jogada com as mãos por um torcedor do Rosario e cabeceada pelo próprio Poy, um remake da semifinal de 1971.

Há 40 anos, este momento antológico na vida do Rosario Central é festejado em diversas cidades argentinas, mas também em Barcelona, Miami, Montevideo, Santiago do Chile e até mesmo em Havana.

Em 1997, a celebração foi adiantada para 14 de setembro, dia de aniversário de Aldo Poy. Ernesto Guevara, filho do Che, o mais célebre torcedor do Rosario Central, lançou a bola para simular o gol conhecido como o “mais festejado no mundo” (veja o vídeo abaixo).

A cada 19 de dezembro, é como se fosse a antecipação do natal para os fanáticos torcedores do Central. Das trinta pessoas presentes no primeiro ano de comemoração, o número de torcedores aumentou e hoje conta com aproximadamente 2.000 pessoas. O culto acontece também em torno de uma relíquia ligada ao seu Messias. Algumas horas depois da famigerada semifinal, o zagueiro dos Newells, Ricardo de Rienzo, marcador de Poy durante o gol, foi operado de apendicite. Torcedor do Central, o cirurgião decidiu doar o apêndice tirado ao OCAL.

Desde então, o órgão extirpado do zagueiro rival está devidamente guardado no formol, exposto em uma vitrine no museu da torcida organizada canalha, com a seguinte legenda:

“Apêndice do jogador de Rienzo que viu passar a 20 centímetros a bola cabeceada por Aldo Pedro Poy.”

Hoje, Aldo Poy tem 66 anos. Na última segunda-feira, ele assoprou as 44 velas de seu gol legendário. No inicio de sua carreira, quando talvez pudesse ir para o modesto Los Andes, o atacante preferiu se esconder três dias em uma ilha para não deixar o seu tão amado clube.

Para celebrar esta declaração de amor, os membros do OCAL fazem um cortejo vestindo máscaras de Aldo Poy (foto acima) todo dia 19 de dezembro até o centro da cidade de Rosario. Os membros do OCAL cantam nas margens do Rio Paraná uma versão da “La donna é mobile” de Verdi: “El Aldomobile, El Aldomobile…”

La Palomita de Poy

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s