Blog do Xico Malta

Ditador Checheno promove pelada com craques do passado

Posted in Do Malta by xicopati on 13/05/2011

Fonte: Olé

Estelas do futebol internacional lideradas pelo argentino Diego Armando Maradona e o português Luis Figo jogaram, quarta-feira, na Chechênia, um amistoso inédito organizado pelo controverso líder daquela república do Caucásio russo, Ramzan Kadyrov.

Estes ex jogadores foram convidados pelo presidente checheno para a inauguração, com grande pompa, de um novo estádio de trinta mil lugares em Grozny, a capital reconstruída depois dos estragos causados por duas guerras sucessivas entre separatistas e o exército russo (1994-96 e 1999-2003).

As ex vedetes do futebol mundial, entre os quais os franceses Fabien Barthez, Manuel Amoros, Papin e Boghossian, o italiano Franco Baresi, os ingleses Steve McManaman e Robbie Fowler, o uruguaio Francescoli e o chileno Ivan Zamorano entraram em campo sob os aplausos de um público abrigado num complexo esportivo gigantesco, o qual leva o nome de Akhmat Kadyrov, pai de Ramzan Kadyrov e antigo líder checheno, morto em 2004, em um atentado no antigo estádio de Grozny.

“Estamos felizes que a Chechênia construiu instalações tão modernas como esta”, declarou M. Kadyrov durante a cerimônia de abertura. Apesar dos gols de Zamorano e o segundo de Maradona de falta, o jogo acabou com a vitória da seleção local por 5 a 2, a qual jogava com o nome de “Cáucaso”.

O arrependimento de Raí

O Presidente da república caucasiana desde 2007, Ramzan Kadyrov, 34 anos, foi acusado de vários crimes por associações de defesa dos direitos humanos. Grande admirador do futebol, ele sempre utilizou a bola redonda para afirmar a sua popularidade a nível nacional e internacional.

Depois de ter contratado o holandês Ruud Gullit para treinar o clube chamado Terek Grozny, Kadyrov já tinha organizado em março um amistoso contra a seleção brasileiro que reagrupava os campeões do mundo de 1994 e 2002. O presidente checheno teria garantido que os brasileiros vieram jogar “gratuitamente”, enquanto que dois ex jogadores deste nível sempre costumam geralmente receber prêmios consideráveis para participar destes eventos esportivos. Nenhuma informação quanto a uma eventual remuneração das estrelas que foram até Grozny no dia 11 de maio foi divulgada.

O ex craque Raí teria se arrependido de ter participado do encontro. “Eu participei de uma coisa que eu condeno muito: Um evento manifestamente político, populista, dentro de um contexto desconhecido para mim, sem ter entendido as possíveis conseqüências nem as intenções”, escreveu em seu blog o ex craque do São Paulo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s