Blog do Xico Malta

Anistia Internacional: A Olimpíada serve de «pretexto» para a repressão na China.

Posted in Geral by xicopati on 30/07/2008

 

De Xico Malta 

A menos de dez dias dos Jogos Olímpicos de Pequim, um relatório da Anistia Internacional, publicado na segunda-feira dia 28 de julho, estima que a China utilize o evento “como um pretexto para perseguir e intensificar as medidas e as práticas que violam gravemente os direitos humanos”. “A menos que haja uma mudança radical por parte das autoridades, a Olimpíada não será benéfica para o avanço dos direitos humanos na China”, afirmou a organização de defesa dos direitos humanos baseada em Londres.

A Imprensa vigiada
Durante a preparação da Olimpíada, as autoridades acentuaram as detenções administrativas, principalmente contra os militantes dos direitos humanos e dos signatários de petições. Nem os mendigos escaparam da prisão, denunciou a Anistia Internacional.

 Em janeiro, Pequim lançou uma campanha contra “as atividades ilegais que abalam a imagem da cidade e atrapalham a ordem social”.

Em junho, os militantes e signatários de petições foram forçados a ir às delegacias de policia a cada semana. Estavam proíbidos de deixar a cidade sem autorização e devem sair de Pequim durante a Olimpíada.

A perseguição contra a imprensa foi também intensificada, segunda a ONG, que citou as estatísticas do Clube da imprensa estrangeira da China segundo as quais 230 repórteres e fotógrafos foram impedidos de trabalhar pelas autoridades este ano. Em 2007, este número era de 108.

A Anistia Internacional chama a atenção para que o Comitê Olímpico Internacional e os dirigentes políticos sejam mais exigentes com o governo chinês. “O perigo é que depois dos jogos olímpicos, as violações aos direitos humanos se intensifiquem com menos vigilância por parte da comunidade internacional”.

A organização enumera cinco medidas que visam a melhorar a situação dos direitos humanos no país, já apresentadas através de uma carta aberta ao presidente chinês, Hu Jintao. São elas:

– Libertar todos os prisioneiros políticos,

– Impedir a polícia de promover detenções arbitrárias dos signatários de petições,

– Publicar a totalidade das estatísticas sobre a pena de morte

– Instaurar uma moratória das execuções.

A Anistia deseja ainda que o governo chinês ofereça uma “liberdade total” para imprensa e preste contas sobre todas as pessoas que foram mortas ou presas por causa das manifestações de março de 2008 no Tibete.

Anúncios

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. AUGUSTO CESAR FERREIRA DA CUNHA said, on 30/07/2008 at 17:48

    Chega a ser assustadora essa revelação da Anistia Internacional.É bom a sociedade mundial voltar-se pra essa questão,pra não descambar para um novo holocausto.
    Um abraço!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s