Blog do Xico Malta

Antes da Olimpíada, China quer controlar sua imagem

Posted in Jogos Olímpicos, Política by xicopati on 25/07/2008

Tradução: Xico Malta

Quinze dias antes da cerimônia de abertura dos jogos olímpicos de Pequim, a China deseja controlar a sua imagem perante a opinião pública internacional.

Numa reportagem publicada na quinta-feira, 24 de julho, o jornal americano New York Times revelou que as autoridades chinesas estão “comprando” o silêncio das famílias que foram vitimas do terremoto de Sichuan.

O tremor de terra, no dia 12 de maio, causou, segundo dados oficiais, 70.000 mortos, dentre eles, 2.000 crianças.

Elas faleceram por causa do desmoronamento de edifícios que abrigavam escolas.

Desde então, há uma forte polêmica sobre a qualidade da construção dos edifícios escolares e da negligência do governo perante o problema.

Segundo o jornal de Nova York, para ocultar essas acusações, agentes públicos da província de Sichuan visitam os pais das vítimas e propõem a troca de dinheiro por silencio.

Mais de 9.000 Euros são oferecidos.

Em Wufu (Sichuan), mãe observa os escombros da escola onde estava sua filha, morta durante o terremoto do dia 12 de maio (AP/Andy Wong)

O acordo proposto às famílias obriga “a obedecer a lei, preservar a ordem social e não tomar partido de nenhum movimento que perturbe o esforço da reconstrução”.

Outro item também determina que “o partido comunista e o governo nos estendeu a mão e mobilizaram a sociedade para nos ajudar e abrandar nosso sofrimento”.

Essas “cláusulas contratuais” não estão no papel, porém são propostas verbalmente pelo agente público.

O New York Times citou o caso de uma família de Hanwang que recebeu a oferta de 60.000 yuans (5.580 euros) líquidos e 38.000 yuans (3.530 euros) de pensão pelo silêncio.

Essa mobilização para calar as famílias vítimas do terremoto faz parte de uma campanha para controlar a repercussão da catástrofe ocorrida no dia 12 de maio.

Manifestações de parentes foram reprimidas pela policia, a imprensa recebeu ordens expressas para não publicar noticias sobre o desmoronamento das escolas. As autoridades locais fecharam o acesso aos destroços e enviaram máquinas para apagar qualquer vestígio da tragédia.

Os pais das vitimas inconformados com o resultado das investigações realizadas pelas autoridades locais, as quais concluíram que o desmoronamento das escolas se deu apenas por causa do abalo sísmico, esperam ir até Pequim durante os jogos para promover um baixo assinado, entretanto temem não obter a devida autorização.

TRÊS PARQUES PARA SE MANIFESTAR EM PEQUIM
Na quarta-feira, 23 de julho, o Comitê de Organização anunciou que as manifestações durante os jogos serão permitidas, todavia apenas dentro de três parques de Pequim, todos bem distantes do centro. “A lei chinesa autoriza as pessoas a organizarem manifestações e passeatas”, explicou o diretor de segurança do Comitê, mas os manifestantes deverão obter uma autorização das autoridades policiais cinco dias antes. Nessa petição deverão constar todos os detalhes da manifestação e o número estimado de participantes.

Se a designação de lugares específicos para manifestações ao lado dos jogos olímpicos é uma pratica corrente – O regulamento do Comitê Internacional Olímpico proíbe qualquer tipo de propaganda política, religiosa ou racial durante a realização dos jogos – Os prévios pedidos de autorização constituem um meio de controlar as manifestações.

Ao mesmo tempo, o governo chinês decretou que qualquer tipo de publicidade que denegrir a imagem da China será vetada durante a competição.

Não serão toleradas mensagens de caráter obsceno, sexual, supersticioso ou indigno” afirmou o governo em um comunicado difundido em seu site na internet.

As publicidades para produtos que visam melhorar as performances sexuais ou de cigarros serão proibidas. As agênciais de propaganda deverão se concentrar nas mensagens relacionadas aos valores olímpicos, como o respeito pelo meio ambiente ou a diversidade cultural.

Anúncios

17 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Vidigal said, on 25/07/2008 at 01:10

    “…Segundo o jornal de Nova York, para ocultar essas acusações, agentes públicos da província de Sichuan visitam os pais das vítimas e propòem a troca de dinheiro por silencio.”

    Caramba, fazer isso para ter uma imagem bonita em jogos olímpicos???

    Que coisa assustadora!

    Abraços Xico, me tornei fã!

  2. Tiago Bênia said, on 25/07/2008 at 01:10

    É o negócio da China na versão mais repugnate que pode existir.

    Ótima e importante tradução. Pena que o tema é desagradável.

    Abraço, Xico

  3. Leo said, on 25/07/2008 at 09:44

    Sempre tem que ver a qual o interesse de quem está divulganda a “reportagem”, no caso veja que isso vem do principal “concorrente” da china, quem será dono do Mundo? A china que compra pessoas para melhorar sua imagem ou os santinhos dos EEUU que nunca fizeram nada de errado?

    Ficamos na esperança que exista um bem maior do que simplesmente atender a um pedido de um Governo Americano ou de um Governo Frances, ou seja, esperamos que as noticias cheguem limpas até o seu destinatario final.

  4. Xico Malta said, on 25/07/2008 at 13:11

    Pois é, caro Vidigal. a China espera usar a Olimpíada para promover uma imagem diversa da realidade. Forte Abraço!

  5. Xico Malta said, on 25/07/2008 at 13:12

    Obrigado Tiago, abraço!

  6. Xico Malta said, on 25/07/2008 at 13:15

    Caro Leo,
    O interesse de quem publicou tal reportagem, no caso o jornal francês Le Monde, é de alertar a opinião pública internacional a respeito dos abusos cometidos pelo governo chinês.
    Abraço

  7. Rogério said, on 25/07/2008 at 13:30

    Isto não é uma prática realizada apenas pelos chineses. Os EUA escondem até hoje imagens da região de New Orleans após o Katrina. Quando vemos um filme dos EUA, eles nos passam uma imagem de pais perfeito e maravilhoso, muito diferente do Brasil onde os filmes mostram pobleza, sexo, favela, bandido, etc. O fato é que por pior que sejam, os países dominantes procuram passar uma imagem de perfeição, o que é o oposto de paises dominados como o Brasil.

  8. Gabriel C. Santo said, on 25/07/2008 at 16:15

    Que coisa… Tudo pelas aparências.

    Todos sabem ou fazem idéia do que acontecem por baixo dos panos em vários lugares. Com a China não é diferente.

    Mas, muitos preferem as aparências. Seja aqui, na China, Europa, etc.

    Obrigado pela tradução, Xico!

  9. AUGUSTO CESAR FERREIRA DA CUNHA said, on 25/07/2008 at 19:08

    Lamentável essa postura chinesa.Não melhorará sua imagem,na verdade deveria sofrer o maior boicote de uma Olímpiada,mas parece que as outras nações não estão tão preocupadas assim.Que pelo menos protestem.
    Um abraço!

  10. Tiago Bênia said, on 26/07/2008 at 03:32

    Xico,

    coloquei um novo texto sobre as Olimpíadas e uma obra aqui em Goiânia. É o Centro de Excelência do Esporte, tocado pelos governos federal e estadual.

    Dê uma conferida lá. O monte de terra é o que sobrou do estádio olímpico, que abrigou os clássicos entre Goiânia e Atlético; depois Goiás e Vila Nova. Em breve escreverei sobre isso.

    Um abraço,

    Tiago!

  11. DeboraH said, on 26/07/2008 at 23:36

    Relacionar a imagem da china com valores como a preservação ambiental e o respeito à diversidade?? Só rindo muito!! É demais!

    Olha, Xico, não verei nem os melhores momentos desta enorme palhaçada. O pior é que ninguém boicota este trem!!

    Vc. já leu “as boas mulheres da china”? O livro não é aquilo tudo como literatura, mas os relatos da realidade chinesa no começo da transição são no mínimo incríveis, no sentido original da palavra. E lendo tua excelente tradução do artigo do Le Monde, tive a clara impressão de que as coisas não mudaram muito por lá, não. Infelizmente.

    Xico, muito obrigada, uma vez mais, pela postagem de mais um artigo oportuno e importante. E grata também, claro, pela tradução!

    Abraço,
    d.

  12. Xico Malta said, on 28/07/2008 at 10:07

    Caro Gabriel,
    Concordo plenamente,
    Abraço!

  13. Xico Malta said, on 28/07/2008 at 10:10

    Caro Augusto,
    Com certeza a China deveria sofrer um boicote, porém as nações estão mais preocupadas com os bilhões de consumidores.
    Abraço!

  14. Xico Malta said, on 28/07/2008 at 10:12

    Cara Deborh,
    Obrigado pela dica do livro.
    Forte abraço!

  15. Hélen Ariane said, on 12/08/2008 at 15:33

    A cada matéria que eu leio, mais eu sinto nojo do governo chinês! ¬¬”
    Mas é sempre assim né?
    Sempre no mundo e em todo governo encontraremos coisas escondidas… sempre veremos ou ouviremos falar do vilão e do santinho.

    =/
    triste mas é real. Que Deus tenha piedade da China.

    Blog: Talvez Se
    Hélen Ariane

  16. luavd said, on 25/08/2008 at 18:11

    oi alcabacalu

  17. gamaus said, on 27/12/2009 at 12:37

    oiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    uaheuhaeuhauehauheauheuaheuhauehu

    :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

    :p

    :d

    aheuhahehauheuaheaheuhauheuahueahueahuehaueh
    ahuheuaheuaheuhuaheuaheuaheuaheuheuaheuahueh
    huaheaheuhauehauheua


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s